Era uma vez...

Nasci no meio de uma história já um pouco desgastada, cansada e sem muito amor. Isso não significa que não me senti amada. Aliás, meu nascimento mesmo que não planejado, trouxe esperança de um novo enredo. Meu irmão com certeza sentiu isso e me recebeu com grande alegria. Mas o relacionamento difícil dos meus pais não era culpa de ninguém e mesmo acabando de forma trágica, seu fim já era inevitável.
Depois de alguns anos nos juntamos com outra história. História já escrita a muito tempo, na qual tivemos que nos adaptar ao que já existia. Eu era uma história pequena de poucas páginas que não sabia muito como se encaixar dentro daquele livro imenso cheio de palavras desconhecidas e que não condizia com a linguagem literária que eu conhecia até então.
Porém, o amor entre os dois grandes protagonistas que juntaram suas histórias cresceu e assim veio a vontade de construir algo novo juntos. E foi quando percebi que finalmente eu ia começar a fazer parte de uma nova história. Desde a sua gestação, do parto ao crescimento. Essa era a nova história de uma casa que também encheu as minhas páginas. Aliás crescemos juntas e sempre cuidamos muito bem uma da outra.
Hoje estou escrevendo do lugar que me sinto inteira. Onde vivi e continuo vivendo essa minha longa história. Onde conheci e me apaixonei pelo meu marido. Onde o amor e a vontade de construir algo novo juntos também cresceu. E onde o início de mais uma nova história começou.  💕