Depois de um ano refletindo sobre a vida e minhas decisões, decidi levar a sério a minha vontade de viajar e conhecer lugares diferentes desse mundo. Cheguei de viagem faz pouco tempo e ainda sinto que estou lá na Patagônia. Vendo aquelas montanhas nevadas. Sentindo o frio no rosto. Olhando para aquela imensidão azul e branca cheia de tantas possibilidades. Nunca conheci um lugar tão lindo. Era o fim do mundo, mas parecia o início de um novo mundo para mim. 
Tem quem diz que viajar abre sua mente e coração. Foi o que senti. Sei que não sou mais a mesma com a mochila nas costas pegando o vôo de São Paulo para Buenos Aires. A que voltou, veio com a mesma mochila, mas com muitas outras bagagens dentro de si.
Nunca mais vou deixar a vida me privar de sair pelo mundo. 
Viajar e ainda que leve, é a melhor coisa que existe. Não se preocupar com malas para buscar. Apenas sair andando do avião para fora do aeroporto. Onde quer que seja.