POEMA CÓSMICO


eu quero
apresentar meu mundo
mas você fica olhando o espaço
vazio sem referência ouço
um som baixinho
o choro que um dia será seu

não adianta oferecer cores
estrelas flores ou um fundo de céu
que não é seu nem meu
não vou orbitar sozinho
nem ser uma foto de longa
exposição

esse universo que não chegamos
a habitar eu vou explodir cada
partícula ou planeta inventado
numa viagem sem volta
agora pretendo expandir 
apenas  luz

-----------------
Ramon Mello
Rio de Janeiro, 29 de setembro de 2012.